Palavras e o mundo das palavras

De Ooshin
Ir para: navegação, pesquisa
3rightarrow.svg Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo foi traduzido a partir de outra tradução. Isso acontece quando, por exemplo, um texto em japonês foi traduzido para o inglês e alguém traduziu o texto em inglês para o português. Caso queira colaborar, tente encontrar a página na língua original, substitua o texto intermediário pelo o original e marque o verbete para revisão.
Searchtool right.svg
A tradução deste artigo contém erros ou precisa de melhorias. Caso queira colaborar ajude a melhorar a qualidade da tradução. Consulte a página de Página de Discussão para maiores detalhes.


Words and Word Spirits Palavras e o mundo das palavras
Question: When I think that my words will really help others, can I sometimes tell little lies or sympathize with someone else who is complaining? Is it all right to use words this way? Interlocutor: Quando eu penso que minhas palavras irão realmente ajudar os outros, eu posso algumas vezes dizer pequenas mentiras ou simpatizar com a reclamação de alguém? Tudo bem usar as palavras dessa maneira?
Answer: We can’t help but tell a lie once in a while. When I am asked, “What about my disease?” if I answer that the person will never be cured, then it is too much of a shock. If I say, “Don’t worry too much,” the person is encouraged. Expressing anger or indignation for the world or for your country is good, but it is not good to express personal anger. Also it is not good to convert anger into action because there is no benefit. Some parents hit their child in anger, so that child then hits other children. Once in a while we have to get really mad. If we suppress our anger too much, we have a nervous breakdown. So in such matters, be flexible. Meishu Sama: Não temos como evitar de contar uma mentira de vez em quando. Quando me perguntam, “O que acha da minha doença?” se eu responder que a pessoa nunca será curada, então é um grande choque. Se eu digo, “Não se preocupe muito”, a pessoa é encorajada. Expressar raiva ou indignação pelo mundo ou pelo seu país é bom, mas não é bom expressar raiva pessoal. Também não é bom bom converter a raiva em ação porque não existe benefício. Alguns pais batem em seus filhos por causa da raiva, então essa criança bate em outras crianças. De vez em quando, nós temos que ficar muito furiosos. Se nós suprimirmos demais nossa raiva, nós temos um colapso nervoso. Portanto, em tais assuntos, seja flexível.
Showing sympathy for complaints is good, because it gives release to the person and can then become encouragement. But still, it should be used in moderation. If we are too involved in others’ sadness, then we are controlled by it. At that time, if we sometimes offer an important point for advice, then the person all of a sudden can change her thinking. In short, if you act with love and leave things in God’s hands, the most appropriate words will come out. So there is nothing to worry about. Demonstrar simpatia pelas reclamações é bom, porque isso dá um alívio para a pessoa e pode então se tornar um encorajamento. Mas mesmo assim, deve ser usado com moderação. Se nós ficamos muito envolvidos na tristeza dos outros, então nós somos controlados por isso. Nesse momento, se nós algumas vezes oferecemos um importante conselho, então a pessoa de repente pode mudar seu pensamento. Em resumo, se você agir com amor e deixar as coisas nas mãos de Deus, as palavras mais apropriadas irão sair. Então não há com o que se preocupar.