Mostrando reverência durante a oração

De Ooshin
Ir para: navegação, pesquisa
3rightarrow.svg Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo foi traduzido a partir de outra tradução. Isso acontece quando, por exemplo, um texto em japonês foi traduzido para o inglês e alguém traduziu o texto em inglês para o português. Caso queira colaborar, tente encontrar a página na língua original, substitua o texto intermediário pelo o original e marque o verbete para revisão.
Searchtool right.svg
A tradução deste artigo contém erros ou precisa de melhorias. Caso queira colaborar ajude a melhorar a qualidade da tradução. Consulte a página de Página de Discussão para maiores detalhes.


Showing Reverence During Prayer Mostrando reverência durante a oração
Question: When we pray the Amatsu Norito, we bow slightly one time and then deeply two times, clap our hands three times followed by another slight bow. At the end of the prayer we bow the same way. Is this style acceptable? Interlocutor: Quando rezamos a Amatsu Norito, nós fazemos uma leve reverência uma vez e então profundamente duas vezes, batemos palmas três vezes seguidos por outra leve reverência. No final da oração nós fazemos a reverência da mesma maneira. Esse estilo é aceitável?
Note: This describes the traditional Japanese style for praying. Nota dos editores: Isso descreve o estilo tradicional japonês para rezar.
Answer: It is quite complicated, isn’t it? (Laughter) Make the bows as appropriate, using your common sense. The point is to try and show your deep respect and reverence to God. That is the most important consideration. This way (the way of Johrei) is both Shinto and Buddhist. In Shinto we clap, but not in Buddhism, so clapping is supposed to be flexible and appropriate to the occasion. Most importantly, use a style that shows our deep reverence. Meishu Sama: É bastante complicado, não? (Risos). Faça as reverências conforme seja apropriado, usando o senso comum. O ponto é tentar mostrar o seu profundo respeito e reverência a Deus. Isso é o mais importante a se considerar. Esse caminho (Rev. Ajiki: o caminho messiânico) é tanto xintoísta como budista. No xintoísmo se bate palmas, mas não no budismo; então bater palmas deve ser flexível e apropriado para a ocasião. O mais importante, use um estilo que mostre nossa profunda reverência.
Rev. Ajiki: Showing reverence is the key point. The style itself can be flexible and appropriate to the culture and the situation involved. Rev. Ajiki: Mostrar reverência é o ponto-chave. O estilo em si pode ser flexível e apropriado para a cultura e a situação envolvida.