Montanha e Água (Yama to Mizu) - 1ª edição

De Ooshin
Ir para: navegação, pesquisa


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

Stock post message.svgLista de tarefas por fazer em Montanha e Água (Yama to Mizu) - 1ª edição:

  • Traduzir os títulos dos tópicos
  • Terminar de colocar o conteúdo original dentro de cada página dos tópicos


O livro de poemas "Montanha e água" (no original, Yama to Mizu ou 山と水) foi publicado por Meishu Sama em sua primeira edição em 23 de dezembro de 1949. Foi assinado por Meishu Sama sob o pseudônimo Akemaro. O total de poemas que compõe o livro é de 1239, separados por tópicos.



Referências nos Ensinamentos de Meishu Sama[editar]

"A RESPEITO DA COLETÂNEA DE POEMAS YAMA TO MIZU

Como sempre digo, o objetivo da Fé é polir a alma e purificar os sentimentos. Existem três maneiras para conseguirmos isso: pelo sofrimento oriundo não só de abstinência ou penitências, mas também de danos e catástrofes; pela soma de méritos e virtudes e pela elevação da alma por influência da arte de alto nível. Dentre elas, o caminho mais rápido é este último. E não existe nada melhor, pois nossa alma vai sendo polida imperceptível e prazerosamente. Neste sentido, sempre que dispusermos de tempo, é bom lermos a coletânea intitulada Yama to Mizu (Monte e Água), poemas escritos em estilo waka. Por intermédio deles, nossa alma se eleva sem que o percebamos. Quando isso ocorre, a Inteligência da Percepção da Verdade é polida e, assim, o cérebro se torna mais claro e a fé se eleva mais facilmente. Isso acontece porque os referidos poemas são repletos de Verdade, Bem e Belo. De acordo com o exposto, tenho como objetivo desenvolver a fé também por meio do poder do espírito das palavras.

06 de maio de 1950"